terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Cronologia ilustrada do uniforme Adidas

Após longos e demorados estudos, analisando fotos, examinando camisas (principalmente pegando-as nas mãos, o que é bastante prazeroso, diga-se de passagem), conversando com especialistas, folheando jornais e revistas velhos, pesquisando em sites como o Terceiro Tempo, finalmente, apresentamos uma exclusiva, definitiva e ilustrada linha do tempo de patrocínios e camisas nos anos 80.

Reunimos nesta ilustração quase todos os modelos de camisas que a Adidas fabricou para o Juventus. Decidimos colocar fotos das camisas expostas em manequins*. Estão ausentes apenas os modelos com gola V branca, com frisos brancos, listrada na horizontal e com patrocínio do Lello Consórcio. Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.



Agora, vamos às explicações:

1979 - O futebol brasileiro entra na era da profissionalização de seus materiais esportivos. A Adidas era uma das principais marcas no mercado, fornecendo para diversos times, grandes e pequenos, e também para a Seleção Brasileira, entra no Juventus e introduz o uniforme em tecido sintético. A gola é branca e redonda e os punhos são brancos. Nos ombros, as famosas três listras, brancas. O escudo do clube é bordado e costurado na camisa.

1979 - Mesmo com a Adidas, em pelo menos um jogo (contra o Santos, pelo Campeonato Paulista), o Juventus jogou com a camisa de algodão da Athleta do período 77-78, por motivos desconhecidos.

1981 - Adidas faz camisa com gola V branca e mangas em estilo raglan, brancas, com as três listras em grená. Dura pouco e a camisa passa a ser usada como uniforme de treino.

1982 - Com gola V grená e um friso branco contornando as mangas e as laterais, este uniforme foi muito pouco utilizado.

1982 - outra camisa diferente desta época, listrada na horizontal em grená e branco.

1982 - Surge a camisa toda grená, com gola V, apenas com as três listras em branco como detalhe. É a camisa tradicional e clássica da Adidas.

1983 - Foram duas camisas usadas durante o ano (às vezes na mesma partida): uma com gola pólo branca e a outra com gola V grená. Após o título da Taça de Prata, a camisa com gola pólo trouxe uma estrela branca sobre o distintivo.

1984 - Estréia do primeiro patrocínio do clube: Cartelão de Ouro. Essa marca foi estampada em camisas com gola V branca, gola pólo branca e gola V grená. A estrela comemorativa da Taça de Prata desaparece. O logotipo da Adidas passa a ser acompanhado pelo nome da marca por extenso.

1985 - A camisa passa a ter definitivamente a gola V grená e o distintivo do clube passa a ser flocado (aveludado), diretamente na camisa. Em algumas versões deste mesmo ano a Adidas coloca sua marca dentro de um círculo. A camisa de manga comprida com esse detalhe continua a ser usada nos anos seguintes, talvez por falta de peças novas.

1985 - Camisa com patrocínio Borcol, que é utilizada em alternância com a camisa sem patrocínio, até 1987. O padrão do desenho do logotipo da Adidas varia durante o ano. A etiqueta na gola possui uma distinção, apresentando o logotipo da fabricante em três cores, vermelho, amarelo e azul.

1986 - o clube é campeão do Torneio Início do Paulistão, sem patrocínio na camisa. A partir deste ano até 1990 as camisas mantém-se com o mesmo padrão, sofrendo apenas pequenas variações de tom de grená, algumas delas muito próximas do vermelho, e no logotipo da Adidas que, gradativamente passa a aparecer em tamanho maior.

1988 - camisa com patrocínio Lello Consórcio, utilizada na Taça São Paulo de Juniores.

1988 - camisa com patrocínio do Grupo Industrial Trofa, usada até 1990.

1991 - Adidas despede-se do Juventus ainda com o modelo tradicional, gola V e punhos grená. O Juventus passa a ser abastecido pela marca Stromboli. No ano seguinte, a Adidas deixaria o mercado braileiro - seus últimos times patrocinados foram Palmeiras e Flamengo. Voltaria apenas em 1996 no Sâo Paulo.

As camisas reservas, brancas, evoluíram de maneira mais simplificada. Basicamente, o modelo original todo branco, com gola redonda e punhos brancos, e as três listras grená nos ombros. Depois passou a adotar a gola V e punhos grená. As etiquetas, os logotipos da Adidas e os patrocínios variavam da mesma maneira que na camisa titular. O escudo do clube era impresso em negativo, ou seja, com fundo branco.

*as camisas de 1979, 1981, 1982, 1983, 1985, 1987 e 1989 foram retiradas da loja Prorrogação. A camisa de 1984 pertence à coleção de Milton Aguiar. A camisa de 1986 pertence à coleção de Gino Soares. As camisas de 1979 e 1988 pertencem à coleção do blogueiro.

Um comentário:

Os comentários são moderados.